Navio Negreiro Urbano


Jamila Marques

Navio Negreiro Urbano
Navio Negreiro
Dos buracos dos asfaltos
Dos prazeres e candeias
Dos negros, mulatos, mestiços e pobres
Do povo brasileiro de Darcy Ribeiro
Do regurgitar dos sem identidade
Dos vômitos dos sem direitos
Dos deveres inconscientes e manipulados
Vidas secas em busca do rebento, da salvação
Queira oxalá, olhar por nós
Novos tempos bárbaros de navios negreiros.

Jamila Marques
Piedade 01/11/09
Casa de mainha, visita com amigos da universidade (UFRPE).
Contatos: jamila.mar@gmail.com
@jamilacanoa (twitter)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s