Primeiro Arraial da Diversidade no Recife


 

São João colorido com as cores do Movimento LGBT

  Junho é o mês de São João. No Recife são trinta dias de muita festa espalhada por toda a cidade e atendendo as mais diversas manifestações, culturais e sociais. Na última segunda-feira (28), foi a vez da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) comemorar o Dia do Orgulho LGBT.  A festa, organizada pela ONG Leão do Norte em parceria com a Prefeitura do Recife através da Secretaria de Direitos Humanos e Segurança Cidadã e a Gerencia de Livre Orientação Sexual (GLOS), contou com muito forró no 1° Arraial da Diversidade.

Rivania Rodrigues - GLOS

 

Segundo Rivania Rodrigues, da GLOS, um evento como esse reforça o apoio e a atenção dada pela Prefeitura do Recife aos diversos movimentos LGBT existentes no município. “A Prefeitura viu o potencial que existe nesses eventos. E quem sabe não sai daqui mais um polo descentralizado de cultura LGBT?! O objetivo é a valorização dos artistas que na maioria das vezes são discriminados, e nesses espaços é possível trabalhar políticas públicas de inclusão e de  cidadania,”afirmou.                                                                                                                       

Marconi Costa

 

Marconi Costa, secretário de finanças da ONG Leão do Norte, falou sobre a importância desse primeiro Arraial. “O dia do Orgulho LGBT é algo importantíssimo. Todos os anos nós comemoramos esse dia com um sarau. Esse ano resolvemos ampliar o evento e promover a festa junina, reforçando a ideia do orgulho e do respeito que precisa ser salientado,” concluiu.

   A tenda montada na Rua Bispo Cardoso Aires, no bairro da Boa Vista, região central do Recife, contou com bandeirolas de São João e muita música. Entre as atrações, DJ para garantir o balanço do forró, e as mais esperadas da noite, as Drags Kira Simos e Lorran, que fizeram um show curto, porém muito aplaudido.

Kira Simos

 

“A satisfação é imensa de participar de um evento como esse, de poder mostrar meu trabalho, que muitas vezes fica escondido dentro das boates, e aqui eu posso interagir com o público, e mostrar que somos artistas, e não pessoas doentes. É uma forma de ser respeitado enquanto artista e enquanto cidadão com direito de escolher a minha sexualidade,” finalizou Kira.

   A Constituição Brasileira pune qualquer forma de discriminação e preconceito.  Segundo dados das Organizações LGBT de Pernambuco, nos últimos 20 anos, mais de 2, 500 homossexuais brasileiros foram assassinados, todos eles vitimas da homofobia. A livre orientação sexual é um direito inalterável de todo ser humano.

Lorrany

Serviço:

No próximo dia 17 de julho no Mercado da Boa Vista, no centro do Recife, acontece o Saral do Orgulho LGBT, a entrada é franca e começa às 13 horas.

Contados e maiores informações: www.leaodonorte.org.br – 3222.2207

Anúncios

Uma resposta para “Primeiro Arraial da Diversidade no Recife

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s